sábado, 18 de setembro de 2021

SPIRIT of DISCOVERY inaugura as escalas em Portimão depois de muitos meses sem qualquer movimento

Portimão recebeu hoje a escala do luxuoso navio de cruzeiros SPIRIT of DISCOVERY da conceituada operadora britânica Saga Cruises.

Construído em 2018 nos famosos estaleiros alemães Meyer Werft foi entreguea a 24 de Junho de 2019, tendo iniciado as suas operações a 10 de Julho.

Desloca 58.250 GT de arqueação bruta e tem como dimensões 236 metros de comprimento, 31 metros de boca e um calado de 7,3 metros. Possui capacidade de alojamento para 999 passageiros e a sua tripulação é normalmente constituída por 523 elementos. Possui 10 decks para passageiros. Foi o primeiro de dois navios construídos de raiz para aquela companhia e o seu projecto levou 5 anos a ser concluído. De salientar que a companhia tem por norma só aceitar passageiros a partir dos 50 anos, o que torna a vivencia a bordo deveras interessante. 

Neste cruzeiro o navio transporta 380 passageiros de nacionalidade inglesa e 540 tripulantes.

fotos : José Casimiro, Saga Cruises

texto : António Silva

sexta-feira, 3 de setembro de 2021

NAVIOS DE CRUZEIROS REGRESSAM A PORTIMAO

Depois de mais de ano e meio sem escalas, motivado pela pandemia que assolou o planeta, o porto de Portimão prepara-se para regressar lentamente à normalidade, obedecendo ás diretrizes que deverão ser delineadas pela Direção Geral de Saúde.

BOREALIS
13 de Outubro 

De facto já começam a aparecer algumas escalas programadas para estes últimos quatro meses do ano, numa indicação clara que este porto e esta cidade continuam na agenda das mais variadas operadores de cruzeiros.

CLIO
24 de Setembro

Assim sendo estão programadas até ao final do ano dez escalas, algumas das quais de navios que virão pela primeira vez ao porto de Portimão.

ROYAL CLIPPER
22 de Outubro

Merecem destaques as vindas do BOREALIS, novo navio de Fred Olsen Cruise Lines, e que foi adquirido em 2020 à Holland America Line, onde navegava como Rotterdam.  

Le JAQUES CARTIER
3 de Outubro

Outro navio que merece destaque neste texto é o luxuoso paquete francês Le JAQUES CARTIER, um dos novos navios de expedição da operadora Le Ponant. Trata-se de um navio que foi entregue pelos estaleiros Noruegueses Vard em Julho de 2020. 

SILVER SPIRIT
22 de Outubro e 27 de Novembro

Igualmente o regresso do nosso conhecido SILVER SPIRIT, que volta a Portimão depois de ter sofrido um alongamento em 2018 em que passou dos 195 metros para os 210. de comprimento merece o devido destaque.

EUROPA
5 de Novembro

AZAMARA JOURNEY
1 de Dezembro


fotos : Internet
texto : António Silva



quinta-feira, 14 de janeiro de 2021

MARCO POLO - O fim de um navio de cruzeiros que visitou Portimão diversas vezes

Escala inaugural em Abril de 2010

A noite de ontem  ficará indiscutivelmente ligada ao desaparecimento de um dos mais antigos e apreciados navios de cruzeiros que ainda se encontrava em actividade.

Primeiras Imagens do navio depois do seu encalhe esta madrugada

Com efeito o MARCO POLO, um dos mais antigos e admirados navios de cruzeiros que ainda se encontravam em actividade foi encalhado em Alang na India, afim de ser desmantelado.

Foi construído pelos estaleiros Mathias-Thesen Werft na Alemanha Oiental como Aleksandr Pushkin para a companhia soviética Báltic Shipping Company, nome que manteve até 1991 quando alterou o mesmo para MARCO POLO.

Escala de Abril de 2015

Até então um dos mais tradicionais navios de passageiro ainda em serviço, o Marco Polo entrou em operação em 1965. Até ao ano de 1970, realizou rotas regulares entre Leningrado, na antiga URSS, e Montreal, no Canadá. Após algumas décadas alternando entre fretamentos e períodos inativo, foi convertido em navio de cruzeiro nos anos 1990. quando teve seus interiores reconstruídos na Grécia, recebendo também novos motores e cabines. 

Depois de passar por vários operadores, foi adquirido em 2010 pela então recente operadora Cruise & Maritime Voyages pela qual realizou cruzeiros por todo o mundo. Pela companhia britânica realizou seus últimos cruzeiros no começo de 2020, antes da pandemia de COVID-19. O surto do novo coronavírus, inclusive, foi decisivo no encerramento de sua carreira. Com a paralisação mundial das operações dos cruzeiros, a CMV acabou entrando em recuperação judicial e no passado mês de Julho os seus navios foram a leilão..

Apesar de ter sido arrematado, os novos proprietários, que chegaram a afirmar que pretendiam seguir com a operação do navio, o mesmo  foi revendido para sucateiros no final do mês passado. O MARCO POLO possuía 176,29 metros de comprimento, 23,55 metros de boca e um calado de 8,2 metros. Tinha capacidade para alojar 820 passageiros e a sua tripulação era normalmente constituída por 356 elementos.

O MARCO POLO visitou Portimão pela primeira vez a 14 de Abril de 2010. A sua ultima escala por estas paragens ocorreu em Abril de 2015. O seu calado  não permitia que o mesmo atracasse no porto comercial e por isso as suas escalas eram esporádicas.

fotos Viramdesinh Gohil, António Silva

texto António Silva

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

quinta-feira, 9 de janeiro de 2020

AZAMARA PERSUIT- Mais um navio que se estreia em Portimão

Outro navio que irá fazer a sua escala inaugural em 2020 em Portimão é o AZAMARA PERSUIT, da operadora norte americana Azamara Club Cruises, uma das empresas "premium" do grupo Royal Caribbean International
Foi construído no ano 2001 nos estaleiros franceses Chantiers de L’Atlantique, em Saint-Nazaire, França, como R-Eight para a extinta operadora gaulesa Renaissance Cruises, o atual Azamara Persuit navegou até 2003 com aquele nome, altura que por falencia daquela operadora foi adquirido pela Swan Hellenic, passando a chamar-se Minerva II. Em 2007  foi adquirido pela Princess Cruises tendo alterado o seu nome para Royal Princess. Em 2011 foi adquirido pela P&O tendo alterado o seu nome para Adonia. Foi sob aquele nome que visitou o porto de Portimão diversas vezes entre 2011 e 2017, sendo a sua ultima visita a 20 de Setembro de 2017. Em 2018 foi adquirido pela actual companhia e alterando mais uma vez o seu nome.
Ultima escala em Portimão como ADONIA
O Azamara Persuit tem 181 metros de comprimento, 25,5 metros de boca, 5,8 metros de calado e possui 30.277 toneladas de arqueação bruta. Tem capacidade para alojar 702 passageiros e 372 tripulantes. Disponibiliza 9 decks de passageiros, aonde se distribuem os 358 camarotes, 332 com vista para o exterior e apenas 26 interiores.
Tal como os sues irmãos Azamara Quest e Azamara Journey, o Azamara Persuit é um navio intimista, requintado e acolhedor,  características comuns a todos os navios da Azamara Club Cruises.
fotos : Antonio Silva, Google
texto : Antonio Silva

quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

terça-feira, 17 de dezembro de 2019

WORLD EXPLORER em Portimão

O terceiro navio que em 2020 fará a sua escala inaugural é o WORLD EXPLORER, primeiro navio de cruzeiros de expedição da Mystic Cruises, empresa de cruzeiros pertença do armador Mário Ferreira, que fará a sua escala inaugural em Portimao a 22 de Maio de 2020.
É o primeiro de uma frota de 10 navios planeados pela companhia, os quais se seguirão o World Voyager em 2020 e o World Navigator em 2021, todos com a particularidade de serem construídos nos estaleiros da WestSea em Viana do Castelo. 
O navio apresenta 9.300 toneladas de arqueação bruta e possui 126 metros de comprimento, 19 de boca e um calado de 4,7 metros. Tem capacidade para alojar 200 passageiros sendo a sua tripulação composta por 130 elementos. Possui 8 Decks, sendo 3 com camarotes. A sua velocidade de cruzeiro é de 16 nós. O seu custo ascendeu aos 70 milhões de euros. 
Confortável e diferente, refinado e espaçoso, são alguns dos atributos que descrevem este navio sendo já considerado como um dos melhores navios no sector de exploração árctica. 
O navio apresenta um nível de serviço de elevados padrões com muito espaço para os hospedes e diversas areas publicas para relaxar com base nos estilos e gostos individuais dos passageiros.
Estamos em suma perante um navio de cruzeiros de expedição de excelente nível e que orgulha a industria naval portuguesa.


fotos : LF Jardim, Internet
texto : António Silva